06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
26/12/2004 a 01/01/2005


Dê uma nota para meu blog


 LADO Z
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis






O que é isto?
Paradoxo Crônico


 

ERASE AND REWIND

 

 

 

NOW

 

P L Y      I T     A G A I N

 

SAM

 



 Escrito por Donny Correia às 00h05
[ ] [ envie esta mensagem ]



HAIKÁKA

 

FIM DE OUTONO

SE EU SOUBESSE ESCREVER POESIA

ESCREVIA



 Escrito por Donny Correia às 22h56
[ ] [ envie esta mensagem ]



CASA DAS ROSAS

 

Sem dúvida os paulistanos merecem tamanha consideração por parte da Secretaria de Cultura do Estado. A Casa das Rosas - outrora mansão Ramos de Azevedo - foi reaberta à visitação sob o nome de Espaço Haroldo de Campos de poesia e literatura. Sob a batuta do poeta Frederico Barbosa, o Fred, a casa visa oferecer cursos voltados à área de poesia e prosa e também divulgar novos nomes nessa área. A programação trás cursos sobre Machado de Assis, Feranando Pessoa, Guimarães Rosa e Jorge Luis Borges. A casa será restaurada aos poucos. Eu comecei a ir lá de curioso, passei a aluno e hoje sou voluntário da casa, tipo um faz tudo (sempre com o maior prazer).

Quem tiver interesse em visitar um dos pontos mais importantes de São Paulo e, agora, da poesia, as portas estão abertas. Trarei novas notícias de lá em breve.



 Escrito por Donny Correia às 22h06
[ ] [ envie esta mensagem ]



SIM, FINGI QUE TINHA SUMIDO, MAS NÃO OS LIVREI DE MIM!

Malditas sejam as péssimas conexões de internet. Maldito seja eu, probre suburbano de poder aquisitivo reduzido, que insistiu por 2 meses num servidor horrível! Estou de volta, porém, com mais fome de maldizer e confundir

 

GALÁXIA

 

Foi de um belisco

Surgiu

Um obelisco, um sinal

Palco carnal em movimento

De um lamento virginal

 

Pipocavam um a um

Luz, cor, massa – o espetáculo

Oráculos vagam ao léu

- Estáticos no centro do céu –

 

O globo gira na gênese

De um gesto, se ajeita

Trazendo suspeita de um susto

O luto e o lastro

Mais e mais

E, de mais a mais,

São sinais

 

 

 

 

 



 Escrito por Donny Correia às 00h09
[ ] [ envie esta mensagem ]



 ESQUEÇAM TUDO O QUE VOCÊS SABEM SOBRE PARADOXOS

 


FETO

 

Do ventre podre

Do ventre escuro e fétido

Do zigoto amaldiçoado

De um choro perpétuo

Da minha carne triturada

Das moscas a rodear

Um lixo mal formado

Um feto mal nascido

Um maldito mal criado

Mãe, por que não puxou a descarga

enquanto havia tempo?

 

 



 Escrito por Donny Correia às 02h31
[ ] [ envie esta mensagem ]



UM MIMO PARA MINHA AUDIÊNCIA

Olá senhoras e senhores.

 

Finalmente tomei coragem e resolvi criar um Blog pra brincar de divulgar coisas. Quem sabe não vira um negócio lucrativo para a minha recém-nascida carreira. Espero que gostem do que vou publicar sempre que possível. Se não gostarem, também, estou sempre aberto a uma boa discussão. Agradeço o apoio de todos vocês e espero que, vendo este Blog, vocês não sejam amaldiçoados tipo as pessoas que vêem fotos de fantasmas nos sites de coisas sobrenaturais. Eu via todas aquelas fotos e olha só... virei poeta. Quer maldição maior?

 

Poema para aqueles que estão amando:

 

A CENTÉSIMA VEZ

 

Você me vomita verdades

E nem me pergunta

Se com elas quero ficar

 

Dá-se o direito de ser fera

Uma esfera estreita, um leito

Na qual devo me deitar

 

Acatar o silêncio de meus olhos

Pois lhe basta

 

Se as confissões que expeli

Voltaram para dentro da minha prisão

Isto é:

Guarde suas verdades para si

E eu guardarei as minhas em lugar nenhum

 

Assim evitamos um holocausto

Vivemos a fartura e o fausto

E voltamos a ser um casal comum

 

 

 

BEM VINDOS AO MEU PARADOXO CRÔNICO



 Escrito por Donny Correia às 17h50
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]